Menus a partir de VOBs com AC3

Original Page URL: http://www.dvdr-digest.com/articles/28_1.html
Author/Publisher: Paulo Mateus
Date Added: Jul 30, 2003
Date Updated: Jul 30, 2003


paulomateus@yahoo.com

O intuito deste tutorial é construir menus de DVD-Video a partir de ficheiros vob retirados de outros DVDs.

Parte-se do princípio que estes já foram devidamente cortados com o VobSpliter e desemcriptados pelo SmartRipper, por exemplo.

No final, caso deseje fazer um miniDVD usaremos o Nero Burning Rom.

Aplicações utilizadas:

IfoEdit

TMPGEnc DVD Author

Nero Burning Rom

A técnica consiste em isolar cada VOB numa pasta ...

... e com o Ifo Edit gerar o ficheiros.

A utilização do IfoEdit é devido ao facto de o TMPGEnc DVD Author só reconhecer o ficheiro VOB se estiver acompanhado pelos respectivos BUP e IFO.

Inicia-se o TMPGEnc DVD Author criando um novo projecto.

Em seguida prime-se em Add DVD Vídeo (única forma de importar VOBs) apontando para a pasta que tem o primeiro excerto de vídeo a ser integrado na nova compilação.

Escolher o único título que deve aparecer.

Neste passo, pode-se escolher se quiser ler directamente do DVD original (ou pasta onde estão os IFO, BUP e VOB) ou se vai passar do DVD original para o disco rígido. Em princípio será a primeira escolha uma vez que (no meu entender) a segunda só vai funcionar com os filmes domésticos, visto não estarem encriptados.

Neste passo não é necessário fazer nada, a menos que se queira introduzir mais uma pista de áudio.

No passo seguinte, faz-se a visualização dos clips que existem em cada título. No caso da figura existe somente um titulo com quatro clips.

Na figura seguinte, existem 2 títulos.

No próximo passo, manipulam-se os menus que se baseiam na estrutura criada e mostrada nas duas figuras anteriores. Na imagem visualiza-se o primeiro nível do menu (Main menu).

É natural que a imagem visualizada no menu de cada clip seja preta. Isto acontece porque geralmente o primeiro frame de cada clip não ter imagem.

Premindo no respectivo rectângulo preto aparece o seguinte quadro:

Fazendo deslocar o cursor horizontal podemos seleccionar a imagem que queiramos que apareça no rectângulo do clip.

Atenção que independentemente da posição deste cursor, o clip continua a ser iniciado a partir do primeiro frame.


A imagem seguinte corresponde ao segundo nível do menu (Track #Nr. menu).


Por fim o último passo é a criação da pastas do DVD-Video.

Ficando no final com este aspecto.

É de referir que após a conclusão da estrutura do DVD-Video e respectivos ficheiros, a parece o DVDWriter (que está imbutido no TMPGEnc DVD Author).

Se existir uma drive de DVD-R/RW ou DVD+R/RW ele começa a gravar de imediato. Existe também a opção de criação de um ficheiro ISO como imagem da gravação.

Para quem não tem um tal gravador, pode fazer um miniDVD, recorrendo a um CD-R/RW. Este formato tem cerca de 16 minutos num CD de 700 Mb.

Usando o Nero Burning Rom, inicia-se uma nova compilação de CD-ROM (ISO) escolhendo No Multisession.

Na parte ISO, selecciona-se de acordo com a seguinte imagem:

O resto dos parâmetros do Nero Burning Rom fica como bem entender. Boa sorte.

Fim.

Elaborado por Paulo Mateus com base na experiência.

paulomateus@yahoo.com

29 Julho 2003



About Digital Digest | Help | Privacy | Submissions | Sitemap

© Copyright 1999-2011 Digital Digest. Duplication of links or content is strictly prohibited.